Acesse o Portal CIIC

Atividades sobre folclore marcam encerramento de projeto no Lar dos Velhinhos

O Lar dos Velhinhos, em Maringá (PR), realizou uma série de atividades, no mês de agosto, para marcar o encerramento, após dez meses, do projeto “Saúde e empoderamento dos(as) idosos(as) acolhidos(as)”, custeado com recursos do Fundo Pró-Idoso. O projeto teve como objetivo oferecer atividades físicas, pedagógicas e fisioterapia para os idosos acolhidos desenvolverem as capacidades cognitivas funcionais, prevenindo patologias e melhorando a qualidade de vida.

Para marcar o encerramento, as profissionais envolvidas Erica Sgobero (pedagoga), Maiara Pagnan (avaliadora física) e Camila Nascimento (assistente social) organizaram atividades em comum com o tema “Folclore Brasileiro”.

Durante uma semana, os idosos e idosas participaram de atividades lúdicas, com apresentações dos vários tipos de costumes por regiões, como as parlendas; ditos populares; lendas (boto cor-de-rosa e saci-pererê); cantigas de rodas, como “Ciranda Cirandinha” e “Meu limão, meu limoeiro”; e atividades de manifestações artísticas com massa de modelar.

No encerramento, no dia 1º de setembro, foi servido um delicioso café da manhã com algumas comidas típicas. Os(As) idosos(as) mais independentes apresentaram a música “Meu limão, meu limoeiro” para os dependentes da ala Madre Paulina. Após a apresentação, houve uma caminhada até uma praça, onde o grupo fez exercícios e refletiu sobre o projeto.

A equipe técnica conduziu a avaliação por meio da brincadeira da “batata-quente”, quem ficava com a “batata” dizia o que mais gostou, o que menos gostou e sugestões para o próximo projeto.

De acordo com a assistente social Camila, o trabalho interdisciplinar trouxe muitos benefícios para os idosos e idosas. “No decorrer de 10 meses, observamos uma significativa melhora na saúde dos idosos, tanto preventiva, através das atividades físicas, quanto curativa, com a fisioterapia. Além do avanço no empoderamento e autonomia dos nossos usuários com as atividades pedagógicas”, avaliou.

Com a avaliação positiva dos(as) idosos(as) e da equipe, o Lar dos Velhinhos estuda possibilidades de continuar com o projeto para que a qualidade de vida dos idosos e idosas continue evoluindo.